Bimbo

-Estou? Boa tarde. Queria uma média de peperoni, pommodoro e rúcula. A cozinha italiana não é só pizzas e pastas. Para a conhecer melhor nada como viajar até à Toscânia e provar um queijo Pecorino, dar um salto à Liguria e saborear uma Focaccia genovese. No país da bota, os nomes dos ingredientes parecem saborosos só de pronunciar, agora imagine que tem mesmo a possibilidade de os provar a todos...Mamma Mia!

×

Berço da civilização, da democracia e da filosofia. A Grécia tem tantos séculos de história como de experiência a apurar e a combinar sabores. Mediterrânicos por natureza, os gregos adoram peixe, o azeite e as azeitonas, os queijos de cabra e ovelha. A sua culinária é ligeira e suave a combinar com o ambiente cálido e tranquilo das suas praias.

×

Olé olé! Espanha é imensa, Espanha é intensa. A Aficción espanhola por uma mesa recheada de iguarias, só encontra rival no gosto português por um bom petisco, não fossem eles nuestros hermanos. Com as “tapas”, os espanhóis especializaram-se em combinar sabores diferentes, todos eles excecionalmente deliciosos, sobre uma base de pão. É caso para dizer que de sanduíches percebem os espanhóis.

×

Os irrequietos gauleses adoram revolucionar, inovar e surpreender. As suas ideias iluminadas ajudaram a transformar o mundo e o seu gosto requintado influenciou a nossa forma de viver, de vestir e de comer. Nos enchidos, nos queijos, nos vinhos e nos beijos ninguém bate os franceses. Da Provença às Ardenas há sabores para todos os gostos.

×